Search

LOGGI: mais um unicórnio brasileiro

Updated: May 13

A Loggi, uma startup de entregas, considerada como o "uber das entregas", juntou-se ao seleto grupo brasileiro das empresas unicórnio (empresas cujo valor de mercado supera US$ 1 bilhão) ao receber nesta quarta feira (05) um aporte de US$ 150 milhões. Até então no Brasil faziam parte do grupo de unicórnios a Gympass, a 99, a PagSeguro, Nubank, Stone, Arco Educação, Brex e Movile.


Mas não será apenas a Loggi a beneficiada com esses recursos. Os brasileiros também serão favorecidos, já que poderão fazer uma compra pela internet em um dia e receber o produto no dia seguinte. Para isso, a startup, além de aumentar a equipe de tecnologia e a quantidade de funcionários, também revelou que irá utilizar os recursos recebidos para promover, em todo território brasileiro, o que chama de "entrega no dia seguinte" para praticamente qualquer pessoa no Brasil, uma tarefa muito difícil ao considerar que é o país com a quinta maior extensão territorial do mundo e que as redes de infraestrutura são muito defasadas se comparadas as encontradas na maioria dos países desenvolvidos.


Atualmente, a Loggi cobre aproximadamente 35% da população e faz cerca de 100 mil entregas por dia. Fabien Mendez, presidente da Loggi, afirma que a empresa pretende até o fim de 2020 aumentar sua cobertura de entregas para 95% do país, podendo oferecer entrega no dia seguinte para todos os brasileiros.


Para o presidente da Associação Brasileria de Startups (ABStartups), Amure Pinho, novos unicórnios ainda devem surgir esse ano no Brasil. A ABStartups considerou a classificação da Loggi como um unicórnio uma mudança positiva para a economia brasileira, já que é um indicativo do potencial do ecossistema de startups no Brasil. Ainda segundo o presidente da ABStartups: "Os investimentos nas startups brasileiras está cada vez maior, muito em função do nosso apetite em fazer negócios. Nossa expectativa é de que nos próximos meses e anos, muito mais unicórnios apareçam por aqui (...)".

38 views0 comments